O que é a Teoria das Dimensões Culturais de Hofstede?

A Teoria das Dimensões Culturais de Hofstede, desenvolvida por Geert Hofstede, é uma estrutura usada para entender as diferenças culturais entre os países e discernir as maneiras como os negócios são feitos em diferentes culturas. Em outras palavras, a estrutura é usada para distinguir entre diferentes culturas nacionais, as dimensões da cultura e avaliar seu impacto em um ambiente de negócios Tipos de organizações Este artigo sobre os diferentes tipos de organizações explora as várias categorias nas quais as estruturas organizacionais podem se enquadrar. Estruturas organizacionais.

A Teoria das Dimensões Culturais de Hofstede foi criada em 1980 pelo pesquisador holandês de administração Geert Hofstede. O objetivo do estudo foi determinar as dimensões nas quais as culturas variam.

Teoria das Dimensões Culturais de Hofstede

Hofstede identificou seis categorias que definem a cultura:

  1. Índice de distância de potência
  2. Coletivismo vs. Individualismo
  3. Índice de prevenção de incerteza
  4. Feminilidade vs. Masculinidade
  5. Orientação de curto prazo vs. longo prazo
  6. Restrição vs. Indulgência

Índice de distância de potência

O índice de distância de poder considera até que ponto a desigualdade e o poder são tolerados. Nesta dimensão, a desigualdade e o poder são vistos do ponto de vista dos seguidores - o nível inferior.

  • O alto índice de distância do poder indica que uma cultura aceita a desigualdade e as diferenças de poder, encoraja a burocracia, Burocracia O sistema para manter autoridade uniforme dentro e entre as instituições é conhecido como burocracia. Burocracia significa essencialmente governar pelo escritório. e mostra alto respeito por posição e autoridade.
  • O índice de distância de baixo poder indica que uma cultura incentiva as estruturas organizacionais Estrutura corporativa A estrutura corporativa se refere à organização de diferentes departamentos ou unidades de negócios dentro de uma empresa. Dependendo dos objetivos da empresa e do setor, esses objetivos são planos e apresentam responsabilidade descentralizada de tomada de decisão, estilo participativo de gestão e ênfase na distribuição de poder.

Individualismo vs. Coletivismo

A dimensão individualismo vs. coletivismo considera o grau em que as sociedades estão integradas em grupos e suas obrigações percebidas e dependência de grupos.

  • O individualismo indica que é dada uma maior importância ao alcance de objetivos pessoais. A autoimagem de uma pessoa nesta categoria é definida como “eu”.
  • O coletivismo indica que há uma maior importância atribuída aos objetivos e ao bem-estar do grupo. A autoimagem de uma pessoa nesta categoria é definida como “Nós”.

Índice de prevenção de incerteza

O índice de prevenção de incerteza considera até que ponto a incerteza e a ambigüidade são toleradas. Esta dimensão considera como situações desconhecidas e eventos inesperados são tratados.

  • Um alto índice de evitação de incerteza indica uma baixa tolerância para incerteza, ambigüidade e tomada de risco. O desconhecido é minimizado por meio de regras, regulamentos rígidos etc.
  • Um baixo índice de evitação de incerteza indica uma alta tolerância para incerteza, ambigüidade e tomada de risco. O desconhecido é mais abertamente aceito, e existem regras, regulamentos, etc.

Masculinidade vs. Feminilidade

A dimensão masculinidade vs. feminilidade também é conhecida como "dura vs. sensível" e considera a preferência da sociedade por realizações, atitude em relação à igualdade da sexualidade, comportamento, etc.

  • A masculinidade vem com as seguintes características: papéis de gênero distintos, assertivos e concentrados em conquistas materiais e construção de riqueza.
  • A feminilidade vem com as seguintes características: papéis de gênero fluidos, modesta, carinhosa e preocupada com a qualidade de vida.

Orientação de longo prazo vs. orientação de curto prazo

A dimensão orientação de longo prazo vs. orientação de curto prazo considera até que ponto a sociedade vê seu horizonte de tempo.

  • A orientação de longo prazo mostra o foco no futuro e envolve adiar o sucesso ou gratificação de curto prazo para alcançar o sucesso de longo prazo. A orientação de longo prazo enfatiza a persistência, perseverança e crescimento a longo prazo.
  • A orientação de curto prazo mostra o foco no futuro próximo, envolve a entrega de sucesso ou gratificação de curto prazo e coloca uma ênfase mais forte no presente do que no futuro. A orientação de curto prazo enfatiza resultados rápidos e respeito pela tradição.

Indulgência vs. Restrição

A dimensão indulgência vs. restrição considera a extensão e a tendência de uma sociedade em realizar seus desejos. Em outras palavras, essa dimensão gira em torno de como as sociedades podem controlar seus impulsos e desejos.

  • Indulgência indica que uma sociedade permite uma gratificação relativamente gratuita relacionada a aproveitar a vida e se divertir.
  • A restrição indica que uma sociedade suprime a satisfação das necessidades e a regula por meio de normas sociais.

Comparações de países: Hofstede Insights

Hofstede Insights é um ótimo recurso para entender o impacto da cultura no trabalho e na vida. Ele pode ser acessado aqui para entender como as diferentes dimensões diferem entre os países sob a Teoria das Dimensões Culturais de Hofstede.

Leituras Relacionadas

Finance oferece o Financial Modeling & Valuation Analyst (FMVA) ™ FMVA® Certification Junte-se a mais de 350.600 alunos que trabalham para empresas como Amazon, JP Morgan e programa de certificação Ferrari para aqueles que procuram levar suas carreiras para o próximo nível. Para continuar aprendendo e progredindo em sua carreira, os seguintes recursos financeiros serão úteis:

  • Demografia Demografia Demografia refere-se às características socioeconômicas de uma população que as empresas usam para identificar as preferências de produto e comportamentos de compra dos clientes. Com as características de seu mercado-alvo, as empresas podem construir um perfil para sua base de clientes.
  • Inteligência Emocional Inteligência Emocional A inteligência emocional, também conhecida como quociente emocional (QE), é a capacidade de controlar as próprias emoções e as dos outros. Para líderes empresariais, um alto EQ é essencial para o sucesso. Este guia cobre os cinco elementos da inteligência emocional e sua relevância para caracterizar um líder de sucesso. EQ vs IQ
  • Habilidades interpessoais Habilidades interpessoais Habilidades interpessoais são as habilidades necessárias para comunicar-se, interagir e trabalhar com eficácia com indivíduos e grupos. Aqueles com boas habilidades interpessoais são fortes comunicadores verbais e não-verbais e são freqüentemente considerados “bons com as pessoas”.
  • Liderança de apoio Liderança de apoio A liderança de apoio é um estilo de liderança em que um gerente não simplesmente delega tarefas e recebe resultados, mas, em vez disso, apóia um funcionário até a conclusão da tarefa. Uma grande vantagem da liderança de apoio é que o gerente trabalhará com o funcionário até que ele esteja capacitado e qualificado

Recomendado

Arrendamento de capital vs arrendamento operacional
O que é um Dividendo?
Qual é a taxa anual efetiva?